Conecte-se Conosco

Educação

Pelo programa Educa Juntos, Estado entrega materiais de apoio a redes municipais de ensino

Roy Junior

Publicado

em

Publicidade

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação (Seed-PR), está entregando neste mês de abril materiais de apoio a redes municipais de ensino do Paraná, dentro do programa Educa Juntos. O objetivo do programa é aprimorar a aprendizagem desde as primeiras etapas da educação básica.
Estão sendo entregues material didático complementar de alfabetização para 393 prefeituras, além de 10 mil livros com práticas pedagógicas para auxiliar a transição dos alunos que passam do 5º ao 6º ano, ou seja, aqueles que saem da rede municipal e entram na estadual.

Publicidade

O investimento total na impressão do material de alfabetização e no de transição foi de R$ 1,9 milhão. O secretário estadual da Educação, Roni Miranda, participou nesta segunda-feira (10) da entrega simbólica na Escola Municipal Ulisses Guimarães, em Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba.
O material didático de alfabetização inclui 12 mil exemplares para professores, com orientações didáticas, além de 466 mil volumes para cerca de 250 mil alunos dos 1º e 2º anos do ensino fundamental, com coletâneas de atividades. Já os livros com práticas pedagógicas serão entregues a todas as 4,9 mil instituições de ensino municipais e estaduais do Paraná. Serão dois exemplares para cada escola, destinados às equipes gestoras de cada unidade, de todos os municípios.
“Esses materiais vêm para apoiar a alfabetização na idade certa. Temos que pensar numa educação integrada, para que o aluno passe pela alfabetização na etapa adequada e chegue para a rede estadual com essas habilidades já bem asseguradas”, comentou o secretário Roni Miranda, na entrega em Campina Grande do Sul.

SEM ABANDONO ESCOLAR – Anderfábio Oliveira dos Santos, diretor de Educação da Seed-PR, ressaltou que a alfabetização na idade certa evita que o estudante se sinta desestimulado ao progredir de série e, portanto, previne o abandono escolar. “É daí a nossa preocupação em desenvolver ações, via Educa Juntos, para atuar nessa frente tão importante”, afirmou.
O prefeito de Campina Grande do Sul, Bihl Zanetti, reforçou a importância de promover a integração entre as redes municipais e a estadual e de assegurar aos estudantes um percurso contínuo de aprendizagem ao passar do ensino fundamental I (anos iniciais, do 1º ao 5º ano), ofertado pelo município, ao fundamental II (anos finais, do 6º ao 9º ano), ofertado pelo Estado.
“A gente já vinha observando a dificuldade do aluno que entra no 6º ano. Tenho certeza de que esse material de transição vai colaborar. É uma capacitação a mais para os professores, para sempre melhorarmos”, disse o prefeito.

EDUCA JUNTOS – Implementado no final de 2020 (lei estadual desde 2022), o programa Educa Juntos é uma iniciativa do Governo do Estado que tem como objetivo apoiar os municípios paranaenses na melhoria da aprendizagem e alfabetização dos estudantes desde a educação infantil.
Algumas das ações, desde então, foram a distribuição de material didático de Língua Portuguesa e Matemática para professores e cerca de 180 mil estudantes do 1° e 2° anos do ensino fundamental; oferta do Sistema Educacional da Rede de Proteção (SERP) para 296 municípios, para monitorar a frequência dos alunos e combater o abandono escolar; oferta para 330 municípios do Registro de Classe Online (RCO), ferramenta que conta com 2 mil aulas editáveis para os professores utilizarem o conteúdo da forma que preferirem; além da oferta da Prova Paraná (adaptada aos municípios), uma avaliação diagnóstica dos níveis de absorção dos estudantes em relação aos conhecimentos considerados essenciais para cada etapa de ensino.

Fonte: AEN

Comente usando o Facebook

Publicidade

O Portal Roy NEWS acredita no Jornalismo comprometido com a verdade dos fatos e com a ética, trazendo sempre os principais fatos de Paranavaí e região, além dos destaques nacionais e da mídia.

Clique Para Comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma Resposta

Educação

Rede estadual abre inscrições para contratar professores para Educação Profissional

Roy Junior

Publicado

em

Publicidade

Estão abertas as inscrições do Processo Seletivo Simplificado (PSS) para o projeto Escola Estúdio, iniciativa da Secretaria de Estado da Educação (Seed-PR) que visa ampliar o acesso à Educação Profissional. As inscrições do edital vão desta terça-feira (20) até o dia 29 de fevereiro. A habilitação exigida para o professor mediador é Pedagogia ou Licenciatura das disciplinas da formação geral básica. O processo é constituído de prova de títulos referente à escolaridade, aperfeiçoamento profissional e tempo de serviço. Não há taxa de inscrição.

Publicidade

A contratação abrange um mínimo de seis vagas, com possibilidade de ampliação para atender os 32 Núcleos Regionais de Educação. Há reserva de vagas para pessoas com deficiência e pessoas negras.

São duas categorias: Professores Escola Estúdio, que atuarão no estúdio da Seed-PR, em Curitiba, ministrando aulas síncronas respectivas aos componentes curriculares da Educação Profissional, que serão transmitidas para todo o Estado; e Professores Mediadores, que atuarão presencialmente, nas escolas, acompanhando as aulas síncronas junto aos alunos e dando suporte às demais atividades pedagógicas.

O salário será equivalente ao valor inicial da tabela de vencimentos e remuneração da carreira do Quadro Próprio do Magistério – QPM, de R$ 2.210,27, com gratificação e auxílio-transporte. O contrato inicial terá prazo máximo de um ano, podendo ser prorrogado, desde que não exceda o período de dois anos.

As disciplinas envolvem diversas áreas e temas como: Introdução à Economia, Logística, Bioquímica, Botânica, Indústria 4.0, Processos Agroindustriais, Gestão em Agroecologia, Turismo Rural, Contabilidade, Programação, Ciência de Dados, Jogos Digitais, Marketing e Noções de Direito.

EDUCAÇÃO PROFISSIONAL – A Secretaria de Estado da Educação vai ampliar a oferta de Educação Profissional em 2024. Foram disponibilizadas 50 mil novas vagas em cursos técnicos. A expansão visa atender a crescente demanda do mercado por habilidades específicas. São mais de 30 cursos disponíveis, equipados com laboratórios e materiais de última geração.

Mais informações sobre o procedimento para realizar as inscrições podem ser acessadas neste link. Confira aqui o edital do Processo Seletivo Simplificado.

Fonte: AEN

Comente usando o Facebook

Publicidade
Continue Lendo

Educação

Prazo para comprovar dados do Prouni termina nesta terça-feira

Roy Junior

Publicado

em

Publicidade

Termina nesta terça-feira (20) o prazo para que candidatos pré-selecionados na primeira chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni) do primeiro semestre de 2024 comprovem os dados informados no ato da inscrição.

Publicidade

O processo deve ser feito na própria instituição de ensino superior para a qual o candidato foi pré-selecionado.
A primeira edição do Prouni 2024 ofertou 406.428 bolsas, sendo 308.977 integrais e 97.451 parciais (50%), distribuídas em 15.482 cursos de 1.028 instituições participantes.

O programa
O Prouni oferta bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições de educação superior privadas. O público-alvo são estudantes sem diploma de nível superior.

O processo seletivo tem duas chamadas sucessivas. A lista dos candidatos pré-selecionados na segunda chamada deve ser publicada no Portal Único de Acesso ao Ensino Superior em 27 de fevereiro.

Fonte: Agência Brasil

Comente usando o Facebook

Publicidade
Continue Lendo

Educação

Universidades estaduais têm 262 vagas abertas para cursos de mestrado e doutorado

Roy Junior

Publicado

em

Publicidade

As universidades estaduais de Maringá (UEM), do Oeste do Paraná (Unioeste), do Centro-Oeste (Unicentro), do Norte do Paraná (UENP) e do Paraná (Unespar) estão com 262 vagas abertas para cursos de pós-graduação stricto sensu. Destas, 205 são para mestrado e 57 para doutorado. O prazo de inscrições está previsto entre de fevereiro e abril, conforme o curso pretendido e a instituição responsável.

São 14 os cursos com vagas abertas: Administração, Bioquímica, Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais e Ensino das Ciências Ambientais, ofertados pela UEM; Administração, Contabilidade e Engenharia Química, que acontecem na Unioeste; Ciências Veterinárias e Nanociências e Biociências, com aulas na Unicentro; Letras e Ensino, ofertados pela UENP; História Pública e Matemática, cursos pela Unespar; e Bioenergia, um programa em rede que envolve várias instituições de ensino superior paranaenses.
Para alguns cursos não há taxa de inscrição. Para os demais os valores variam entre R$ 70 e R$ 350.

PARCERIA – O curso de pós-graduação em Bioenergia é um Programa Associado em Rede, constituído por diversas instituições de ensino superior e institutos de pesquisa do Paraná. Além de UEM, Unioeste e Unicentro, também estão envolvidas as universidades estaduais de Londrina (UEL) e de Ponta Grossa (UEPG), a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa-PR), o Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná (IDR-PR), além das universidades federais do Paraná (UFPR) e Tecnológica do Paraná (UTFPR).

O curso contempla profissionais formados nas áreas da Engenharia, Tecnologia e de Gestão. A iniciativa surgiu com a finalidade de consolidar e ampliar a formação de recursos humanos qualificados para atuar nas temáticas de Biocombustíveis e Energias Renováveis no Estado.

UEM

Administração
Vagas: 5 para mestrado e 6 para doutorado
Inscrições: até 4 de março – Editais AQUI
Taxa de inscrição: R$ 180

Bioquímica
Vagas: 16 para mestrado
Inscrições até 16 de março – Editais AQUI
Não há custo para a inscrição

Ecologia de Ambientes Aquáticos Continentais
Vagas: 15 para o mestrado e 15 para doutorado
Inscrições até 1º de março – Editais AQUI
Taxa de inscrição: R$ 150

Ensino das Ciências Ambientais
Vagas: 15 para mestrado
Inscrições até 1º de março – Editais AQUI
Taxa de inscrição: R$ 150

UNIOESTE

Administração
Vagas: 22 para mestrado
Inscrições: até 4 de março – Editais AQUI
Taxa de inscrição: R$ 330

Publicidade

Contabilidade
Vagas: 15 para mestrado
Inscrições: até 3 de março – Editais AQUI
Taxa de inscrição: R$ 350

Engenharia Química
Vagas: 21 para mestrado e 24 para doutorado
Inscrições: até 25 de fevereiro – Editais AQUI
Taxa de inscrição: R$ 190

UNICENTRO

Ciências Veterinárias
Vagas: 21 para mestrado
Inscrições até 1º de março – Editais AQUI
Taxa de inscrição: R$ 150

Nanociências e Biociências
Vagas: 13 para mestrado
Inscrições até 4 de março – Editais AQUI
Taxa de inscrição: R$ 70

UENP

Letras
Vagas: 15 para mestrado
Inscrições até 3 de março – Edital AQUI
Não há custo para inscrição

Ensino
Vagas: 12 para doutorado
Inscrições até 3 de março – Edital AQUI
Taxa de inscrição: R$ 250

UNESPAR

História Pública
Vagas: 11 para mestrado
Inscrições até 8 de março – Edital AQUI
Taxa de inscrição: R$ 100

Matemática
Vagas: 20 para mestrado
Inscrições até 20 de fevereiro – Editais AQUI
Taxa de inscrição: R$ 100

Programa em Rede

Bioenergia
Vagas: 16 para mestrado
Inscrições até 14 de março – Editais pela UEM AQUI
Não há custo para a inscrição

Publicidade

Fonte: AEN

Comente usando o Facebook

Publicidade
Continue Lendo
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Policial

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas