Conecte-se Conosco

Notícias

Colheita de feijão da primeira safra termina com boa qualidade no Paraná

Roy Junior

Publicado

em

Colheita de feijão da primeira safra termina com boa qualidade no Paraná – Foto: Gilson Abre

A colheita da primeira safra de feijão no Paraná terminou nesta última semana. Mesmo com redução da produtividade, devido às condições climáticas, o feijão colhido é de excelente qualidade. As informações estão no Boletim de Conjuntura Agropecuária , do Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento (Seab), referente à semana de 17 a 23 de março.
A primeira safra 2022/23 rendeu 193 mil toneladas de feijão cultivados em 115 mil hectares. O volume é praticamente o mesmo alcançado em 2022, quando foram 195 mil toneladas. A perda deve-se, segundo os técnicos de campo, às condições climáticas, que prejudicaram ambos os ciclos. A área teve redução um pouco mais expressiva, visto que no ano passado a primeira safra estendeu-se por 139 mil hectares.
O preço do feijão subiu nesta última semana em relação ao praticado na anterior. No caso do feijão cores, o reajuste foi de 4%, com valor de R$ 407,00 por saca de 60 quilos. Já o feijão preto foi comercializado a R$ 261,00 a saca, o que representou aumento de 2,6%. Das 193 toneladas colhidas, cerca de 71% já estão vendidos.

MILHO E SOJA – O plantio da segunda safra de milho segue atrasado no Paraná. O percentual chegou a 77% da área estimada. Em condições climáticas normais, o volume deveria ter superado 90%. Em relação à primeira safra, a colheita atingiu 54%, também em ritmo mais lento comparada às últimas safras.
Da mesma forma, a colheita da soja segue atrasada, com 60% da área colhida até esta semana. Nas últimas safras estaria superando 70% neste período. Quanto à exportação, nos dois primeiros meses do ano foram vendidas 799 mil toneladas do complexo soja, enquanto o milho somou 811 mil toneladas.

TRIGO – O Paraná importou 74,7 mil toneladas de trigo e exportou 75,4 mil toneladas no primeiro bimestre de 2023. O volume de vendas é o maior para o período desde 2016. De acordo com o documento preparado pelo Deral, a qualidade do trigo paranaense tem chamado a atenção com direcionamento maior para o mercado externo.

FRUTAS – As importações de frutas pelo Brasil, em 2022, foram de 505 mil toneladas, com custo de US$ 719,1 milhões. Nozes e castanhas, maçãs, peras, uvas e kiwis, provenientes de Argentina, Chile, Uruguai, Turquia e Itália, representaram 65,4% dos valores das 25 frutas importadas pelo País, e 72,4% em volume. Os dados analisados no boletim agropecuário são da Estatísticas de Comércio Exterior do Agronegócio Brasileiro/Agrostat, do Ministério da Agricultura e Pecuária.

BOVINOS E OVOS – O Agrostat também mostrou que, de janeiro a março de 2022, o Brasil exportou 522,2 mil toneladas de carne bovina. Em 2023, até fevereiro, o volume foi de 326,7 mil toneladas. Em razão de suspensões de importações por alguns países, é provável que não se ultrapasse os números do primeiro trimestre do ano passado.
O boletim do Deral mostra ainda que a produção brasileira de ovos cresceu 1,2% em 2022, chegando a mais de 4 bilhões de dúzias. São Paulo é o líder em produção, com 27,1% de participação, ou 1,1 bilhão de dúzias, seguido pelo Paraná, que responde por 9,4% da produção (379,7 milhões de dúzias).

Fonte: AEN

Comente usando o Facebook

O Portal Roy NEWS acredita no Jornalismo comprometido com a verdade dos fatos e com a ética, trazendo sempre os principais fatos de Paranavaí e região, além dos destaques nacionais e da mídia.

Clique Para Comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma Resposta

Notícias

Grupo Incopostes lança campanha sobre segurança no trabalho

Roy Junior

Publicado

em

O Grupo Incopostes realizou o lançamento de uma nova campanha voltada para a conscientização sobre segurança no trabalho. Com o slogan inspirador “Alguém Te Espera Sorrindo em Casa”, a iniciativa visa promover a importância de retornar em segurança para casa após um dia de trabalho.

A campanha destaca a responsabilidade de cada trabalhador em adotar medidas de segurança no ambiente laboral, visando não apenas sua própria proteção, mas também o bem-estar de suas famílias.

Assista ao vídeo:

Comente usando o Facebook

Continue Lendo

Notícias

Caixa termina de pagar nesta quinta-feira (28) parcela de março do novo Bolsa Família

Roy Junior

Publicado

em

A Caixa Econômica Federal conclui o pagamento da parcela de março do novo Bolsa Família. Recebem nesta quinta-feira (28) os beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) de final 0.

O valor mínimo corresponde a R$ 600, mas com o novo adicional o valor médio do benefício sobe para R$ 679,23. Segundo o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, neste mês o programa de transferência de renda do governo federal alcança 20,89 milhões de famílias, com gasto de R$ 14,15 bilhões.

Além do benefício mínimo, há o pagamento de três adicionais. O Benefício Variável Familiar Nutriz paga seis parcelas de R$ 50 a mães de bebês de até 6 meses de idade, para garantir a alimentação da criança. O Bolsa Família também paga um acréscimo de R$ 50 a famílias com gestantes e filhos de 7 a 18 anos e outro, de R$ 150, a famílias com crianças de até 6 anos.

No modelo tradicional do Bolsa Família, o pagamento ocorre nos últimos dez dias úteis de cada mês. O beneficiário poderá consultar informações sobre as datas de pagamento, o valor do benefício e a composição das parcelas no aplicativo Caixa Tem, usado para acompanhar as contas poupança digitais do banco.

A partir deste ano, os beneficiários do Bolsa Família não têm mais o desconto do Seguro Defeso. A mudança foi estabelecida pela Lei 14.601/2023, que resgatou o Programa Bolsa Família (PBF). O Seguro Defeso é pago a pessoas que sobrevivem exclusivamente da pesca artesanal e que não podem exercer a atividade durante o período da piracema (reprodução dos peixes).

Cadastro
Desde julho do ano passado, passou a valer a integração dos dados do Bolsa Família com o Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS). Com base no cruzamento de informações, cerca de 270 mil famílias foram canceladas do programa neste mês por terem renda acima das regras estabelecidas pelo Bolsa Família. O CNIS conta com mais de 80 bilhões de registros administrativos referentes a renda, vínculos de emprego formal e benefícios previdenciários e assistenciais pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Em compensação, 100 mil de famílias foram incluídas no programa neste mês. A inclusão foi possível por causa da política de busca ativa, baseada na reestruturação do Sistema Único de Assistência Social (Suas) e que se concentra nas pessoas mais vulneráveis que têm direito ao complemento de renda, mas não recebem o benefício.

Segundo o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, 3,21 milhões de famílias foram incluídas no programa desde março do ano passado. Segundo a pasta, isso se deve à estratégia de busca ativa.

Regra de proteção
Cerca de 602 mil famílias estão na regra de proteção em março. Em vigor desde junho do ano passado, essa regra permite que famílias cujos membros consigam emprego e melhorem a renda recebam 50% do benefício a que teriam direito por até dois anos, desde que cada integrante receba o equivalente a até meio salário mínimo. Para essas famílias, o benefício médio ficou em R$ 370,49.

Publicidade

Arte Agência Brasil

Auxílio Gás
Neste mês não haverá o pagamento do Auxílio Gás, que beneficia famílias cadastradas no CadÚnico. Como o benefício só é pago a cada dois meses, o pagamento voltará em abril.

Só pode receber o Auxílio Gás quem está incluído no CadÚnico e tenha pelo menos um membro da família que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC). A lei que criou o programa definiu que a mulher responsável pela família terá preferência, assim como aquelas vítimas de violência doméstica.

Fonte: Agência Brasil

Comente usando o Facebook

Continue Lendo

Notícias

Unimake Paranavaí: Potencializando Negócios Digitais com inovação e Criatividade

Roy Junior

Publicado

em

Na Unimake Software, oferecemos soluções que vão além do convencional, permitindo que você foque no que realmente importa: o crescimento do seu negócio.

Comente usando o Facebook

Continue Lendo
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Policial

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas