Conecte-se Conosco

Policial

Polícia Civil aumenta em 159% as operações de repressão; prisões mais que dobraram

Roy Junior

Publicado

em

Publicidade

Ações na área da segurança também se destacam nos 100 primeiros dias da segunda gestão do governador Carlos Massa Ratinho Junior. A Polícia Civil do Paraná (PCPR) realizou nos primeiros três meses deste ano 159% mais operações de repressão qualificada em relação ao mesmo período de 2022. O foco principal dessas ações é o combate ao crime organizado. De janeiro a março de 2023 houve 148 ações deste tipo – no mesmo período do ano anterior foram 57.

Publicidade

Nos três primeiro, o número de integrantes do crime organizado capturados nessas operações cresceu 108% em relação ao ano passado. Em 2022, foram 116 presos e, neste ano, a PCPR contabilizou 242 pessoas presas, ou seja mais que o dobro.
O delegado-geral da PCPR, Silvio Jacob Rockembach, acredita que o bom resultado se deve à contratação histórica de delegados e de servidores de demais carreiras policiais civis, no final do ano passado.

“São policiais de todas as carreiras que contribuem de forma conjunta para que os serviços da PCPR sejam prestados da melhor maneira possível”, diz Rockembach. “Já conseguimos ver resultados expressivos no crescimento do número de operações de repressão qualificada. Com o combate efetivo ao crime organizado, quem ganha em segurança é o povo do Paraná”, afirma.
As operações de repressão qualificada são de alta complexidade, demandam mais tempo de investigação e um elevado grau de especialização. Por isso, se diferem de outras ações gerais realizadas pela PCPR.
Dentre os principais tipos de crimes investigados estão tráfico de drogas, homicídio, corrupção, roubos e estelionato. A captura dos envolvidos minam a atuação de organizações criminosas, refletindo diretamente na diminuição da criminalidade.

FRAUDE- Ação de repressão de destaque ocorreu no dia 1º de março, quando dez integrantes de um grupo criminoso que burlava o sistema de vistorias e transferências de veículos foram presas pela PCPR, com atuação também do Detran-PR. Conforme apurado, o prejuízo gerado às vítimas foi passou de R$ 3,5 milhões.
A ação aconteceu em Curitiba e Região Metropolitana. A investigação começou a pedido do órgão de trânsito, que identificou a fraude e imediatamente implementou processo de controle mais rígido.

TRÁFICO DE DROGAS – Em outra operação, a PCPR prendeu dez integrantes de uma organização criminosa ligada ao tráfico de drogas. A ação ocorreu em Londrina, na região Norte do Estado. Também foi apreendido um carro, drogas e armas.
ROUBO – Outro exemplo foi a operação que resultou na prisão de quatro integrantes de uma organização criminosa envolvida em furtos de veículos de luxo em Toledo, Umuarama e Cianorte, regiões Oeste e Noroeste do Estado.

Fonte: AEN

Comente usando o Facebook

Publicidade

O Portal Roy NEWS acredita no Jornalismo comprometido com a verdade dos fatos e com a ética, trazendo sempre os principais fatos de Paranavaí e região, além dos destaques nacionais e da mídia.

Clique Para Comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma Resposta

Paraná

Provas do concurso para perito criminal serão realizadas domingo em três cidades

Roy Junior

Publicado

em

Publicidade

As provas do concurso para perito oficial criminal do Paraná serão realizadas neste domingo (21) em Curitiba, Londrina e Cascavel. A primeira fase é composta pelas provas objetiva e discursiva. No total são oferecidas 30 vagas distribuídas em todo o Paraná, e os aprovados vão fazer parte do Quadro Próprio dos Peritos Oficiais (QPPO). Os locais já estão disponíveis e podem ser verificados AQUI.

Os candidatos deverão levar documento original de identificação com foto, caneta esferográfica de tinta azul ou preta e cartão de convocação. Os portões serão abertos às 12h e serão fechados às 12h45. O início das provas está previsto para as 13h.

Após a primeira fase, os aprovados passarão pelas seguintes etapas: teste de aptidão física (TAF), avaliação psicológica, investigação social, inspeção de saúde e prova de títulos. O concurso conta com reserva de vagas para afrodescendentes e pessoas com deficiência.

As cargas horárias variam de 20 horas (quatro vagas) a 40 horas por semana (26 vagas) e a remuneração vai de R$ 14.761,55 a R$ 21.087,93.

Dentre as responsabilidades de um perito criminal estão operar equipamentos, fazer exames de corpo de delito, investigar vestígios e evidências em diversos locais (como cenas de crime, laboratórios, documentos, indivíduos vivos, cadáveres, ossadas, armas de fogo, munições, explosivos, material bélico, produtos perigosos e instrumentos de crime).

Além disso, o profissional também é responsável por atividades administrativas, técnicas e operacionais essenciais para a condução do processo judicial e a preservação da cadeia de custódia das evidências.

“É um processo seletivo muito aguardado, não somente pelos candidatos, mas, também, pela Polícia Científica do Paraná, que contará com a força de trabalho desses novos peritos oficiais criminais, passando a integrar o Quadro Próprio da Perícia Oficial do Estado”, disse Gabriel de Andrade, presidente da comissão do concurso.

“A sociedade brasileira vem cada vez mais compreendendo a importância da função do perito oficial criminal à justiça e por isso muitas pessoas vêm se preparando especificamente para essa área. Acreditamos que será um concurso público de alto nível, que selecionará candidatos muito qualificados para atuarem na área pericial”, acrescentou Andrade.

Fonte: POLÍCIA CIENTÍFICA DO PARANÁ

Publicidade

Comente usando o Facebook

Publicidade
Continue Lendo

Cidades

8º Batalhão realiza blitz educativa em combate a violência doméstica em Paranavaí

Roy Junior

Publicado

em

Publicidade

Na manhã desta quinta-feira, 18/04, a equipe de Patrulha Maria da Penha do 8º Batalhão realizou ação referente a Operação Mulher Segura. Uma blitz educativa, que abordou mulheres em seus veículos e também que passavam pelo local.

Publicidade

Foi entregue uma cartilha com informações sobre o que é violência doméstica, os tipos de violência, e o que fazer caso seja vítima ou conheça alguém que está passando por esta situação. Junto ao panfleto um bombom, que foi um mimo para todas que atenciosamente pararam e ouviram as orientações.

Ações de conscientização como esta serão intensificadas no decorrer dos próximos meses, também com palestras para população e profissionais que estão ligados a este assunto. O 8º Batalhão de Polícia Militar conta com equipe especializada desde 2018 e vem realizando trabalho de visita às mulheres vítimas de violência doméstica nas cidades da região e também fiscalização das Medidas protetivas de Urgência.

Comente usando o Facebook

Publicidade
Continue Lendo

Geral

PCPR prende 11 pessoas em operação contra grupo ligado a roubos em fazendas

Roy Junior

Publicado

em

Publicidade

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu 11 pessoas nesta terça-feira (16) em uma operação contra um grupo criminoso responsável por roubos em fazendas e empresas no Paraná.
A ação aconteceu simultaneamente em Araruna, Cianorte, Indianópolis, Piraquara e Ponta Grossa, no Paraná, e em Navegantes, Santa Catarina.
Estima-se que dezenas de crimes foram praticados pelos suspeitos, com prejuízos milionários às vítimas.

Publicidade

“O grupo agia rendendo as vítimas com o uso de armas de fogo. Durante as ações, famílias inteiras e vigilantes eram feitos de reféns por horas em fazendas e empresas de grande porte. O objetivo principal do grupo era a subtração de defensivos agrícolas, maquinários, fios de cobre e produtos de construção civil”, conta o delegado Maurício Luz, responsável pela investigação.

As investigações sobre os fatos são conduzidas com o apoio do Ministério Público do Paraná a partir da 4ª Promotoria de Justiça de Castro. Pelo possível envolvimento nos fatos, 17 pessoas já foram denunciadas pelo MPPR pela prática de associação criminosa armada.

Fonte: AEN

Comente usando o Facebook

Publicidade
Continue Lendo
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Policial

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas